Kerid

Formado há "apenas" 6.500 anos, a cratera Kerid é uma das mais espetaculares da Islândia. Com uma profundidade de 55 metros, tem forma oval: mede 270 metros de comprimento e 170 de largura.

Uma das principais características da geografia da Islândia é a sua incessante atividade vulcânica, e Kerid é um excelente exemplo disso. A cratera, localizada em uma região vulcânica conhecida como Tjarnarhólar, foi formada há 6.500 anos, o que a torna uma paisagem vulcânica relativamente jovem. Graças a isso, a forma oval da cratera foi perfeitamente mantida e é um dos lugares mais fotogênicos do sudoeste da Islândia.

É realmente surpreendente, tanto ao redor da cratera como ao descer, o intenso contraste de cores gerado pelo azul turquesa do lago e pela cor avermelhada e esverdeada da terra e musgo das suas paredes.

Graças às trilhas adaptadas ao turismo, é possível descer ao lago da cratera Kerid, que atinge 14 metros de profundidade. No inverno, congela completamente, enquanto no verão derrete e parece o lugar perfeito para dar um mergulho único... Mas não é possível, pois é estritamente proibido tomar banho em Kerid.

Uma visita rápida, mas recomendada

Embora no itinerário mais canônico do Círculo Dourado da Islândia, Kerid não seja normalmente mencionado, consideramos uma parada muito recomendada pela sua beleza, rapidez da visita e proximidade a lugares como Gullfoss ou Geysir. Com um preço econômico, você não demorará mais de meia hora para conhecer uma das paisagens mais incríveis do sul da Islândia.

Como chegar ao Kerid?

A opção mais viável para chegar a Kerid é alugar um carro e dirigir pelo Ring Road ou pela rodovia 1 para conectar com a rodovia 35, durante um trajeto de aproximadamente 50 minutos de carro saindo do centro de Reykjavík.

Se você não gosta de dirigir na Islândia, também pode optar por ir de táxi até Kerid, embora essa opção possa ser muito cara, pois o preço aproximado da viagem de ida e volta seria de cerca de 36.000 ISK.

Preço

Adultos: 400kr (US$3.2)
Menores de 12 anos: Grátis